Praianos

by Fernanda Cabral

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $7 USD  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    Review Fernanda Cabral – Praianos
    by Jurema Simoes 07 April, 2012

    Praianos(*) is the debut of a captivating new singer from Brasilia, Fernanda Cabral. The song that gives the album it’s title, has lyrics and participation of Chico Cesar, and already announces what this fine work is all about: how incredibly similar can love and the sea be, when it comes to their immensity, splendour and great fascination.

    Fernanda Cabral sings this praise to Nature and Love, these ‘gods’ that bless us in so many forms and give us uncountable gifts, at the same time as having the power to change the whole world around us. Touching, transforming and never stopping to amaze us.

    Songs like “Olhar” (Gaze), “Horizontes” (Horizons) and “Aunsência” (Absence) also resonate the ‘saudade’, or the missing feeling, the emptiness one feels once separated from his/her homeland or from that special somebody who holds alone the key to one’s heart. Even though no distance can truly separate what love has bounded together, we can’t help but feel incomplete whenever far from where or whom we belong to.

    “Monteiro Lobato” inspired by the great Brazilian children’s author of the same name simply sounds like our free and playful childhood, with all its colours and forms and fantasies. A playground for the memories of those sweet days of innocence.

    The CD is an achievement shared by artists from Brazil and Spain; receiving influence from both countries and combining the sounds of Paraíba and its rich folklore with an enchanting electronic beat and an almost poetic piano.

    With such an enchanting start, we can only hope that Fernanda will continue singing for a very long time… ‘sob o infinito’ (‘under the infinite’).

    * ‘Praiano’ is how we, in Brazil, call someone who has fallen in love with the beach (praia) and is happy to live under its spell forever, becoming one with the sun and the sea.

    Includes unlimited streaming of Praianos via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ... more
    ships out within 1 day

      $7 USD or more 

     

1.
03:52
2.
04:28
3.
4.
5.
04:59
6.
03:24
7.
04:22
8.
03:47
9.
10.
03:31
11.
04:52
12.
03:49
13.
03:19
14.
15.

about

Review Fernanda Cabral – Praianos
by Jurema Simoes

Praianos(*) is the debut of a captivating new singer from Brasilia, Fernanda Cabral. The song that gives the album it’s title, has lyrics and participation of Chico Cesar, and already announces what this fine work is all about: how incredibly similar can love and the sea be, when it comes to their immensity, splendour and great fascination.

Fernanda Cabral sings this praise to Nature and Love, these ‘gods’ that bless us in so many forms and give us uncountable gifts, at the same time as having the power to change the whole world around us. Touching, transforming and never stopping to amaze us.

Songs like “Olhar” (Gaze), “Horizontes” (Horizons) and “Aunsência” (Absence) also resonate the ‘saudade’, or the missing feeling, the emptiness one feels once separated from his/her homeland or from that special somebody who holds alone the key to one’s heart. Even though no distance can truly separate what love has bounded together, we can’t help but feel incomplete whenever far from where or whom we belong to.

“Monteiro Lobato” inspired by the great Brazilian children’s author of the same name simply sounds like our free and playful childhood, with all its colours and forms and fantasies. A playground for the memories of those sweet days of innocence.

The CD is an achievement shared by artists from Brazil and Spain; receiving influence from both countries and combining the sounds of Paraíba and its rich folklore with an enchanting electronic beat and an almost poetic piano.

With such an enchanting start, we can only hope that Fernanda will continue singing for a very long time… ‘sob o infinito’ (‘under the infinite’).

* ‘Praiano’ is how we, in Brazil, call someone who has fallen in love with the beach (praia) and is happy to live under its spell forever, becoming one with the sun and the sea.

credits

released March 9, 2013

Recorded in Madrid-ES/Spain, João Pessoa-PB/Brasil and São Paulo-SP/Brazil.

Produced by Cope Gutiérrez and Fernanda Cabral

tags

license

all rights reserved

about

Fernanda Cabral São Paulo, Brazil

contact / help

Contact Fernanda Cabral

Streaming and
Download help

Track Name: Sinal Verde
SINAL VERDE

Letra e música: Fernanda Cabral




Foi difícil o começo
Foi difícil o retorno sem ter você

Foi o ar que secou, que parou,
que deixou pra depois você

Foi andar, devagar
Sobre meus livros e desejos
Pra dividir

Com você o meu canto, os meus dias
Pra poder enfim, te querer


Verás que tudo vai deixar
Verás que tudo vai voltar a ser
Febre e no teu corpo estar

Sonho com sinal verde
Track Name: Valentia
VALENTÍA

Letra e música: Fernanda Cabral e Cope Gutiérrez

Se o veleiro para perto do cais
É questão de valentía
Se o veleiro para perto de ti
É questão de valentía

Pescador conte-me se viu Yemanjá no mar
Conte-me se viu Yemanjá

Se no tempo se semeia o amor
É questão de Valentía
Pois quem sabe o coração acalmar
Traz no peito valentia

Pescador conte-me se viu Yemanjá no mar
Conte-me se viu Yemanjá


Quando o mar te chama pelo vento
Você dorme na terra que chora
Quando o mar que vem te traz a pesca
Você reza é agradece ao céu
Track Name: Praianos feat Chico César
PRAIANOS

Letra: Chico César
Música: Fernanda Cabral

A gente se persegue docemente
Quase num flerte transoceânico
Por falha humana ou acerto mecânico
E atribui à vida atribulada esses nosso encontros

A gente se persegue na semente
Na fruta aberta para o pássaro
No fortuito acaso dos enquantos

Na fruta aberta para o pássaro
Enquanto foge de outros tantos


Quem sou você que foge pra mim
Quem lancei minha prancha em onde mar
Que impreciso navegar aponta ter-me à vista
Serei sereia ou turista em teus olhos praianos?
Track Name: Monteiro Lobato
MONTEIRO LOBATO

Letra e música: Fernanda Cabral

Só faltou Antonino chamar vem pra dentro
Cajueiro sabor da infância e do vento
Só falou pique-esconde começa aqui mesmo
Calmaria quando Gila repete tô dentro


Monteiro Lobato a rua, é de lua, pele e de flor
Um templo de luz e calor
Monteiro Lobato quem cria tantos filhos cheios de amor


Só faltou Antonino chegar mar adentro
Janaína lhe contou tanta estória e nem lembro
Pescador cantador canta aqui bem de perto
Tua voz coração bate fundo e bem dentro

Monteiro Lobato a rua, é de lua, pele e de flor
Um templo de luz e calor
Montero Lobato quem cria tantos filhos cheios de amor
Track Name: Olhar
OLHAR

Letra e música: Fernanda Cabral

Olha quanta cor nos tras a terra
Veja quanta luz que nos rodeia

Escuto a canção da minha terra
Escuto esse som pelo ar
Percebo o amor de que me invade
É tanta saudade do mar e de amar


Olha quanto verde leva o vento
Veja que a vida se comparte

Eu vejo o vermelho da terra
Eu sinto essa cor pelo ar
Percebo o amor que me invade
É tanta saudade do mar

Olha quanta cor nos traz a Terra
Veja quanta luz que nos rodeia
Track Name: Hora h dia d
HORA H DIA D

Letra: Chico César
Música: Fernanda Cabral

A claridade do ar brilhou, brilhou
A cor que tinha o lugar mudou
Senti que você chegou e aí foi assim
Entrou e a música do bar sumiu

E eu só vi você
Como se voar
Fosse só andar no céu

Sem ter porquê, sem pensar, sem ser o que eu era
Brilhei, mudei, dei pra ser como agora
Na hora h, dia d, em mim
Ouvi meu próprio pulsar e vim

E eu só vi você
Como se voar
Fosse só andar no céu
Track Name: Roda Menino
RODA MENINO

Letra: Fernanda Cabral, Elisa Cabral e Laurita Caldas
Música: Fernanda Cabral e Cope Gutiérrez

Roda Moinho
Roda mundinho
Que eu vou

Vento funaça
Cor de piraça
Vida que passa

Fogo que traça
Corte que sopra
No arco da mata

Mão que enlaça
O nosso sonho
Vida que passa


Corre menino
Trilha caminhos
Que o teu destino passa

Segue moleque canavieiro
Que o mundo inteiro roda
Track Name: Horizontes
HORIZONTES

Letra e música: Fernanda Cabral

Ando em horizontes buscando teu olhar
Atravesso rios que se secam, buscando teu olhar

Certo é que o sol se foi atrás do mar
Certo é você também sonhou

Será que você sonhou com o mar?
Será que você se aventurou
Será que você sonhou com o mar?

Ando pelo instante que se expande, buscando teu olhar
Levo teus lençóis que me envolvem, buscando teu olhar

Certo é que as estrelas deste céu, percebem teu olhar
Certo é que o sonho e a vida seguem
Pra se deixar sonhar

Será que você sonhou com o mar?
Será que você se aventurou
Será que você sonhou com o mar?
Track Name: Sob o Infinito
SOB O INFINITO

Letra e música: Fernanda Cabral

Por cima dos meus braços passam nuvens como fumaça
E o tempo ainda acha normal ser veloz em pausa

E o frio que aqui queima ai se desfaz refaz
O nosso amor que longe transita sem sinais

São polos distantes
Partes opostas
Lados que cortam
Mas bem reais

Mas deixa eu sonhar com um momento de alento
Com a possibilidade de um amor que espera
Que entende as diferenças e as necesidades
Mas deixar eu gostar de você sob o infinito
Track Name: Ausência
AUSÊNCIA

Letra: Fernanda Cabral
Música: Leo Minax

Sem teu cheiro sou asa sem vôo
Sou o que já terminou em mim

Sem teus olhos não há por do sol
Palavra, pintura, janela sem fim

Corre o vento velejando em mim
Lua sai corredor sem fim
Busco em cada canto, mas meu canto sempre sai e não tem prumo, não tem fim

Eu sou quem sai, eu sou quem vai sem rumo
Eu sou quem sai, eu sou quem sai do meu canto


Sem teu riso que toca o meu corpo
Sou desejo sem resposta, sim!

Sem teus lábios sou pele sem poros
Sou sombra, demora, sou tarde pra ti

Corre o vento velejando em mim
Lua sai corredor sem fim
Busco em cada canto, mas meu canto sempre sai e não tem prumo, não tem fim

Eu sou quem sai, eu sou quem vai sem rumo
Eu sou quem sai, eu sou quem sai do meu canto
Track Name: Mais Perto
MAIS PERTO

Letra e música: Fernanda Cabral

Chega bem mais perto e vê se encontra
Na palavra certa, a justa poesia
Vê se recomeça pela porta aberta

Se o sonho é parte da realidade
Você pode então, deixar aquela dor
Reinvente o seu olhar pelo que segue agora

Tudo o que resta é o que revela
Nada desiste pra ser só
Na fortaleza do amor

Tudo é viagem que não finda
Só o momento é o que habita
Na fortaleza do amor
Track Name: Estrelas
ESTRELAS

Letra e música: Fernanda Cabral

Eu que te contei
Que as estrelas do mar
São as estrelas que caem do céu

Seguem seu caminho entre as ondas e o ar
Que é pra você poder nelas tocar
E acreditar que o tempo é teu
E mergulhar no que é só seu

E assim trilhar
Todos caminhos que sonhou
Teu pensamento
É grande força que carregas pro mundo

Você que encontrou as estrelas
Você que encontrou as estrelas do mar
Você que encontrou as estrelas
As estrelas do céu
As estrelas do Mar
Do céu do mar, você...
Track Name: Silêncio
SILÊNCIO

Letra: Fenranda Cabral
Música: Leo Minax

É no silêncio que te escuto em mim
É no que sobra que começa a ser
É no silêncio que te escuto sim
Tempo é momento só pra te querer

É nas estrelas que te vejo aqui
É teu reflexo, verso, vento e voz
É nas estrelas que te vejo em mim
E os meus segredos temem tantos nós


Como ser sol na vez da lua nova
Como dizer pra ponte não quebrar
Como salvar o rio que se joga
Como parar, como parar o tempo no seu lugar

É teu sorriso metade do meu
Curva que para pra recomeçar
Na realeza do silêncio vem
E o teu sorriso é a metade do ar

Como ser sol na vez da lua nova
Como dizer pra ponte não quebrar
Como salvar o rio que se joga
Como parar, como parar o tempo no seu lugar
Track Name: Baião de Nós
BAIÃO DE NÓS

Letra e música: Fernanda Cabral

De encontro a esse canto eu te conto
Tudo o que me resta sem promessas
Sozinha persigo o que há
Além das lembranças, deixo estar

Percebo o invisivel entre nós
Memórias perdidas pelo medo
Só mesmo o desejo é quem dá
Dúvidas que seguem pelo tempo

Me deixa andar pelo que passou pelo que virá
Me deixa olhar pelo que nos leva
Me deixar estar onde o coração é baião de nós